Sendo um elemento fundamental para as vendas em lojas físicas, o Trade Marketing apresenta diversos benefícios que abrangem tanto o lojista como as marcas presentes no estabelecimento.

Esta é uma estratégia focada no posicionamento correto dos produtos no ponto de venda, além de utilizar outros recursos para estimular a compra. 

Confira neste conteúdo qual é o conceito de Trade Marketing, como ele pode trazer vantagens para o seu negócio e ainda, algumas dicas para aplicá-lo em sua loja!

O que é o Trade Marketing?

O Trade Marketing é uma estratégia utilizada tanto em negócios de varejo como em atacados, para estimular o consumo dos produtos expostos estrategicamente no ponto de venda.

De maneira geral, o objetivo desta estratégia é aumentar as vendas das marcas e consequentemente, do lojista.

O foco do Trade Marketing é otimizar o desempenho dos canais de distribuição, direcionando ações e estratégias conforme as características do ponto de venda, do público e do produto.

Toda a cadeia de vendas faz parte do Trade, como os fornecedores, indústrias, lojistas e consumidores.

Para as marcas, a estratégia é fundamental para ampliar a percepção do público quanto aos seus produtos, o que pode influenciar significativamente na rentabilidade da empresa. 

Além disso, os fabricantes ganham maior competitividade ao planejar e executar ações de Trade Marketing.

Já para os lojistas, também existem diversos benefícios, visto que é necessário um bom desempenho das marcas ofertadas no ponto de venda para que o negócio tenha lucro, conquiste e fidelize seus clientes.

Com o Trade Marketing os consumidores passam a visualizar da melhor forma os produtos nas prateleiras, o que além de contribuir com a visibilidade e incentivo de compra, também impacta no posicionamento de mercado da marca. 

A seguir você verá os principais benefícios que esta estratégia pode garantir para o seu negócio!

Como esta estratégia pode contribuir com as vendas?

Já abordamos acima algumas das vantagens do Trade Marketing, como melhorar visibilidade dos produtos, influência nas vendas e no aumento da competitividade. 

É necessário entender também que esta estratégia precisa estar integrada entre o lojista e o fabricante ou fornecedor. Os dois devem estar com seus objetivos alinhados para que as duas partes saiam ganhando e a estratégia seja eficiente.

Desta forma, o Trade contribui para fortalecer o relacionamento do lojista com as marcas, criando uma parceria duradoura e vantajosa.

Partindo para outro benefício, a competitividade proporcionada pelas ações de Trade induz as marcas a trabalharem mais na qualificação e inovação de seus produtos, além de disponibilizarem mais recursos aos lojistas para promover as vendas.

Quanto a percepção do público, um conteúdo publicado pela Rock Content explica que “o trabalho em campo tem um resultado direto na visibilidade que essa mercadoria tem para o público-alvo, ainda que ele não conheça o produto.

A percepção é o primeiro passo para que a partir dali haja a chance de considerar a compra. Isso acontece a todo momento, desde um item recém-lançado até aqueles que já ocupam seu espaço nos varejistas há anos.”

Como lojista ou gestor, você já deve ter notado que estas questões podem ser fundamentais para um fator crucial de qualquer negócio focado em vendas de produtos: o giro de estoque.

Com um bom fluxo de produtos e crescimento nas vendas, a loja consegue manter um giro de estoque eficiente, evitando problemas como mercadorias paradas.

Agora que você entendeu o que é o Trade Marketing e quais são os benefícios que ele entrega para o seu negócio, apresentaremos algumas dicas para que você possa aplicá-lo em sua loja, rede ou central!

Saiba como aplicar o Trade Marketing em seu negócio

Saiba como aplicar o Trade Marketing em seu negócio

Como citamos anteriormente, para que você obtenha bons resultados com o Trade Marketing, é preciso estar alinhado com seus fornecedores, pois a estratégia depende em grande parte das indústrias. Com isso em mente, confira abaixo algumas dicas para desenvolver o Trade em seu negócio!

Entenda seu público

O primeiro ponto que você deve ter atenção ao planejar sua estratégia de Trade é o comportamento, preferências e necessidades do seu público.

É fundamental que você saiba quais são os tipos de produtos mais procurados, qual é o perfil do público, quais benefícios fazem diferença para os clientes, entre outros fatores que você julgar relevante para a análise.

Conhecendo seus clientes você terá uma visão mais estratégica para realizar a seleção de fornecedores e saber quais produtos podem gerar mais vendas.

Aposte em ações de experimentação

Se a sua loja é voltada para produtos de consumo, as ações de experimentação, também conhecidas como sampling, são uma ótima alternativa.

Trata-se basicamente da distribuição de amostras grátis. Entretanto, é preciso fazer isso de maneira estratégica e não apenas distribuir produtos aleatoriamente. 

O sampling contribui para chamar a atenção do consumidor e despertar sua curiosidade, aumentando as chances de venda. Esta também é a opção ideal para campanhas de lançamento.

Portanto, alinhe esta estratégia com seu fornecedor, principalmente para que a abordagem seja adequada.

Solicite recursos de merchandising

Você viu que o Trade Marketing trabalha a maneira de posicionar os produtos na área de venda. Nesse sentido, contar com recursos de merchandising é fundamental para tornar o PDV mais atrativo e aumentar a visibilidade das marcas.

Utilize banners, displays, móbiles e outros materiais que as indústrias disponibilizarem para a exposição dos produtos. 

Além de serem um destaque visual e tornarem a sua loja mais atrativa, os materiais de merchandising também estimulam a compra. 

Se necessário, reorganize a disposição dos produtos e marcas

Se você acredita que a disposição dos produtos nas prateleiras e corredores não está gerando resultados, tente outras alternativas. Pense sempre em formas de facilitar a experiência do cliente e gerar conveniência. 

A análise de resultados é essencial para sua estratégia

Qualquer estratégia que seja implementada demanda um certo tempo dedicado para a análise dos resultados. 

Busque sempre entender quais são as métricas importantes para o seu negócio, principalmente relacionadas às vendas. Realize comparações e valide novas estratégias. 

Analisando estes dados você terá uma visão mais ampla do negócio e inclusive poderá encontrar pontos de melhoria ou destaques que devem ser seguidos como exemplo.

Esperamos que estas dicas contribuam com a implementação ou aperfeiçoamento do Trade Marketing em sua loja! 

Se você quer entender quais são os fatores mais comuns de fracasso no varejo, clique abaixo e faça o download gratuito do infográfico que elaboramos, saiba como evitar estes obstáculos e assim garanta o sucesso do seu negócio!

Download Infográfico Fatores de Fracasso no Varejo