A tecnologia de self checkout supermercado é uma tendência que só cresce no segmento supermercadista mundial. 

Mesmo que a realidade do mercado brasileiro ainda não apresente abertura para a implementação, a funcionalidade já tem espaço em muitas lojas e, com a mudança no comportamento dos consumidores e empreendedores, seu uso só tende a crescer. 

Conhecer esse tipo de tecnologia é alinhar-se com o que há de mais novo em termos de experiência do cliente, garantindo que as compras tenham mais qualidade e agilidade. 

Sendo assim, mesmo os varejistas que ainda não planejam implementar o self checkout precisam estar familiarizados com sua aplicação. 

A seguir, saiba mais sobre o seu conceito, funcionamento, principais benefícios e tudo o que deve ser considerado para a sua implementação! Continue a leitura!

O que é self checkout supermercado?

O self checkout supermercado nada mais é do que um terminal de autoatendimento totalmente adaptado para o uso dos clientes em supermercados. 

Com ele, além da opção de passar pelos caixas comuns, os consumidores também podem optar por passar, empacotar e pagar eles mesmos as compras. 

A tecnologia é totalmente adaptada para evitar que eventuais erros, ou mesmo casos de má-fé, façam com que o valor correto sempre seja cobrado de maneira correspondente aos itens levados. 

Para isso, o equipamento de self checkout supermercado é equipado com leitores de código de barras, balanças para os produtos e máquinas de cartão para as operações de pagamento. 

Seu layout é desenvolvido com o intuito de monitorar a atividade do cliente, garantindo que os equipamentos sejam utilizados de maneira adequada e que nada seja levado sem que seja pago. 

Isso pode ocorrer por meio de imagens de câmeras acopladas no equipamento, que permitem o monitoramento em tempo real pela equipe de segurança, ou ainda de maneira automática, através da própria balança. 

O funcionamento da balança de conferência é muito simples: o peso dos produtos colocados na sacola deve ser compatível ao peso dos itens que serão retirados após a compra. Caso ocorra alguma divergência, o programa alerta um fiscal. 

No próximo item, entenda melhor como é o funcionamento do self checkout supermercado sob o ponto de vista dos clientes!

Como é o seu funcionamento?

Com o conceito de self checkout supermercado em mente, confira quais são as etapas que os clientes devem seguir para utilizá-lo: 

  • Primeiro o consumidor deve depositar sua cesta de compras no terminal de atendimento, que conta com uma balança
  • Em seguida, cada produto deve ser registrado através do scanner de código de barras e depositado nas sacolas, que também contam com uma balança de conferência
  • Itens sem códigos de barras, como frutas, verduras e legumes, podem ser pesados em uma balança própria
  • Durante o processo, todos os itens registrados são mostrados em uma tela para conferência
  • Depois de conferir se os produtos que aparecem na tela correspondem aos que foram passados, o cliente deve clicar para realizar o pagamento
  • A compra é fechada e o pagamento pode ser feito automaticamente através do cartão de crédito ou de débito
  • Com o pagamento autorizado, a máquina emite uma Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica. 

Toda a interface em que essas operações são realizadas é intuitiva, especialmente desenvolvida para que os consumidores consigam efetuar as suas compras de maneira rápida, sem qualquer ajuda externa. 

Como bem destaca uma matéria do blog TOTVS sobre o tema, por mais que essa tecnologia possa ser utilizada em diversos tipos de empresas, o foco da tecnologia self checkout supermercado é para o segmento supermercadista. 

O sistema conta com todos os recursos para que a compra seja feita de acordo com as demandas dos supermercados e possa integrar-se aos seus sistemas de gestão.

Quais são os seus principais benefícios?

Quais são os seus principais benefícios?

Agora que você já sabe como funciona o self checkout supermercado, é hora de conferir alguns dos benefícios que tornam a sua implementação vantajosa.

Como destaca o blog Canal Técnico, entre os pontos que mais merecem destaque, estão: 

  • Menor tempo de espera em filas e, consequentemente, maior grau de satisfação dos clientes
  • Redução significativa do número de funcionários responsáveis pela realização de operações de pagamento no supermercado
  • Maior destaque perante os concorrentes que não contam com esse tipo de tecnologia
  • Valorização dos consumidores, que ganham mais confiança, se sentem protagonistas e sob o poder de seu próprio atendimento
  • Melhor aproveitamento do espaço físico do estabelecimento, já que os terminais automáticos ocupam menos espaço que os caixas comuns.

O que considerar na hora de implementá-lo?

Antes de instalar equipamentos de self checkout supermercado, é preciso considerar quais são as demandas do seu estabelecimento e se o uso realmente faz sentido para o seu ponto de vendas. 

Por mais que qualquer tipo de compra possa ser feita através dos terminais de atendimento, é comum que eles sejam mais utilizados para compras pequenas, dando lugar aos populares caixas rápidos. 

Tradicionalmente, os clientes preferem passar compras maiores nos caixas tradicionais. Há também o público com certa resistência a novas tecnologias, que irá preferir ser atendido nos caixas normais. 

Com isso em mente, considere se o seu espaço físico é capaz de receber os equipamentos e ainda acomodar os demais caixas, sempre pensando no tempo de espera médio dos clientes para o pagamento e como ele pode ser otimizado. 

Mais do que contar com um bom espaço disponível, é preciso que o local seja planejado, favorecendo não só a circulação, mas que também seja de fácil localização e conte com boa sinalização para que os consumidores possam chegar ao terminal.

Por fim, é importante que funcionários estejam de prontidão para auxiliar os clientes no uso da nova tecnologia, certificando-se de que ninguém enfrente problemas para utilizá-la e sua finalidade de praticidade realmente seja atendida!

E então?

Self checkout

Você viu que falamos sobre o que é o self checkout supermercado, como ele funciona, seus benefícios e o que você precisa considerar ao implementá-lo na sua loja.

É essencial que você pondere sobre os pontos que apresentamos para que ele realmente possa trazer qualidade e agilidade aos clientes. A ideia é que ele seja um diferencial e que facilidade na hora de finalizar a compra.

Analisar o público que frequenta o seu supermercado é primordial, já que se a grande parcela dele é de idosos, por exemplo, a transformação pode demandar um período maior do que se o público principal for jovens.

Entender o seu cliente é a chave para compreender a real necessidade desta tecnologia. Entretanto, o self checkout é uma tendência que tem ganhado espaço e que, em um futuro não muito distante, será uma opção cada vez mais indispensável.

Você já conhecia o self checkout e seus benefícios? Se você quer saber sobre outras tendências importantes, confira nosso conteúdo que fala sobre tendências do varejo 2020 para sua central ficar atenta!