Fazer acontecer: temos certeza que este é o seu objetivo na gestão de uma Rede ou Central de Negócio. Mas, será que as pessoas ao seu redor pensam o mesmo? É por isso que precisamos falar sobre a importância da Cultura Organizacional em Redes e Centrais de Negócios.

Este termo define a forma como colaboradores ou associados trabalham pelos bons resultados. Logo, a Cultura Organizacional reúne fatores como comportamentos, atitudes, habilidades, e a forma como as pessoas estão engajadas com as realizações que este modelo de negócio busca.

Sendo assim, todos os resultados giram em torno disso. E com uma cultura fortalecida, fica mais fácil manter um alinhamento entre todos os envolvidos, conduzindo ações rumo ao crescimento esperado.

Siga com a leitura para conhecer mais vantagens que uma Cultura Organizacional forte pode oferecer à sua Central!

A Cultura Organizacional é o combustível dos negócios!

Em artigo, a Escola Open explica porque a Cultura Organizacional deve fazer parte das metas de gestão. Para começar, ela reflete diretamente na competitividade dos negócios, pois reúne orientações que unem e inspiram as pessoas que trabalham pela sua Rede ou Central.

Assim, quando os gestores conseguem fazer com que os associados adotem o propósito e valores da empresa em suas atividades, possibilitam o alcance da produtividade que reflete em melhores resultados na sua área de atuação.

Além disso, a Escola Open ainda cita como exemplo o resultado da pesquisa People Insights. O estudo revela que quando os negócios apresentam seus valores ao mercado e aos colaboradores, vão além das vantagens competitivas: crescem com o dobro de velocidade, com lucro superior à média do segmento, e também com duas vezes mais chances de transformar estratégias em resultados reais.

Portanto, com uma cultura organizacional fortalecida, é possível evitar muitos problemas que afetam a gestão, conforme listado pelo Sebrae. São eles:

  • Alta frequência de demissões;
  • Problema de retenção profissional por baixa oferta de benefícios;
  • Falta de foco nos objetivos centrais do negócio;
  • Desorganização entre as unidades.

Você não quer que estes pontos façam parte da realidade da sua Rede ou Central de Negócio, não é mesmo? Então, veja como trabalhar a Cultura Organizacional e todas as vantagens que conquistará a partir desta estratégia de gestão.

Aprenda a transformar as vantagens da Cultura Organizacional em realidade

Agora você já sabe como a Cultura Organizacional contribui para evitar muitos problemas na gestão de Redes e Centrais de Negócios. Então, é hora de colocar este conhecimento em prática, para que todos trabalhem juntos rumo ao crescimento.

Para começar, precisamos lembrar que estamos tratando de pessoas. Ou seja, cada um possui habilidades e diferenciais que contribuem com a realização dos resultados.

Mas, todos precisam se unir e trabalhar a partir de um mesmo propósito, ou seja, construindo em conjunto cada passo desta jornada de crescimento.

Para isso, listamos aqui as principais dicas do que você precisa fazer para que isso aconteça. Elas são baseadas nas orientações do Sebrae Inovação, sobre como a cultura organizacional influencia nos resultados da empresa. Confira:

  • Antes de qualquer atitude, comece decidindo qual o propósito e os valores da sua Rede e Central de Negócio, pois estas decisões vão influenciar diretamente o trabalho de todos;
  • Em seguida, defina uma pessoa como responsável pela Cultura Organizacional, para que lidere ações e acompanhe se os valores estão sendo aplicados no dia a dia. Vale lembrar que os líderes também são responsáveis para que esta prática seja cumprida;
  • Esteja aberto ao diálogo com associados e cative a troca de feedback entre todos, pois opiniões movem mudanças que podem melhorar muitos processos.

Um por todos, todos por uma transformação!

Sabemos que engajar pessoas nas ações e projetos do negócio é uma dificuldade bastante comum entre Redes e Centrais, e por isso já abordamos este assunto aqui no blog. Mas vale lembrar que isso impacta e muito no crescimento.

Você lembra dos dados que listamos naquela publicação? Que empresas com pessoas engajadas alcançam um lucro 21% maior do que as não engajadas; e que isso proporciona 41% de redução em faltas e 40% menos defeitos de qualidade.

E quando falamos “pessoas”, não estamos citando apenas os colaboradores, como também os associados. Isso porque a participação de cada um deles nas ações desenvolvidas é fundamental para garantir o crescimento, assim como já explicamos em nossos conteúdos.

Isso e muito mais pode ser conquistado com uma Cultura Organizacional forte neste modelo de negócio. Portanto, é importante compreender os pontos que dificultam a efetivação desta estratégia, para superá-los e transformar esta realidade em conjunto, alcançando assim os resultados positivos!

E nunca é tarde para começar, pois com pequenas ações neste sentido, é possível obter grandes resultados, tanto com os colaboradores, como com os associados.

Nós sabemos na prática a importância disso. Sabe como? No ano passado, realizamos uma importante mudança no posicionamento da Área Central, que inclusive compartilhamos em nosso blog também. Avaliamos nosso comportamento e notamos que estávamos em uma nova fase.

Para isso, atualizamos a nossa abordagem, para melhor transmitir a evolução, desde a comunicação interna até a forma como somos vistos no mercado. E isso reforçou não só a nossa Cultura Organizacional, como muitos outros pontos.

Hoje, seguimos entregando Soluções Para Crescer Juntos, oferecendo ao mercado a nossa pluralidade. E se você deseja crescer conosco, entre em contato com nossa equipe e saiba como podemos ajudá-lo a superar os desafios da sua Central de Negócio com nossas soluções!