Você sabia que não ter o controle dos dados pode acarretar problemas para a sua rede de farmácias? E isso não é só da boca para fora, esse mal é real e afeta os mais variados segmentos do mercado.

Até porque, é fato que para um grande negócio, como uma rede de farmácias, é necessário gerenciar não apenas as suas informações, mas também as de parceiros, fornecedores e clientes. Agora, imagina só, não ter todo o montante de informações que isso gera, devidamente estruturado.

Pensou? Não precisa entrar em pânico! Montamos este conteúdo para te ajudar a entender como a falta de controle pode prejudicar a sua organização e, em contrapartida, como é possível deixar o processo de organização das informações mais fácil e assertivo. Continue a leitura e entenda!

Importância do controle de dados para o sucesso das redes de farmácias

Não é possível gerir aquilo que não se controla. Logo, para que a sua rede de farmácias se destaque e deixe a concorrência para trás, é fundamental ter conhecimento sobre os clientes e o mercado como um todo. 

Contudo, não se trata de apenas possuir conhecimento e dados sobre pessoas, situações e cenários. É preciso controlar esse montante de informações e as estruturar da melhor forma, para serem usadas em prol do crescimento da rede farmacêutica.

Ou seja, fazer o gerenciamento de dados de forma inteligente é essencial para atingir um nível sustentável de crescimento e sucesso dos negócios.

Se for para resumir o controle de dados em uma palavra, organização seria uma boa escolha. Uma vez que o processo inclui coletar, validar, armazenar e garantir a segurança dos dados. E assim, ser possível transformá-los em informações realmente úteis. 

Tenha em mente que decisões feitas considerando dados “crus”, podem ser bastante perigosas para a saúde da sua rede de farmácia. Por isso é tão importante analisar cada detalhe da base de dados e qualificar o processo de tomada de decisões – que não deve ser realizado de maneira precipitada.

Do contrário, indecisões e suposições, podem acarretar problemas e malefícios para o futuro da empresa, como:

Falta de clareza nos processos

Como a falta de controle de dados pode impactar no crescimento da sua rede de farmácias?

Se os colaboradores não entendem as tarefas, o processo pode acabar tomando mais tempo do que deveria. E com essa falta de clareza, surgem problemas de controle e pessoas fazendo as tarefas que deveriam ser de outras. 

Não apenas, quando falta uma boa estruturação de informações alinhadas com tarefas específicas, acaba acontecendo também:

  • Desvalorização do real potencial dos colaboradores, deixando de tê-los nas funções mais adequadas para cada perfil
  • Os processos perdem qualidade e ficam sujeitos a erros, o que atrasa e prejudica a qualidade do resultado. 

Na era da transformação digital, a realização dos processos deve ser ágil e eficiente. Do contrário, mais alguns problemas podem surgir:

  • A rede de farmácias fica passível à duplicidade de funções: Ter mais de uma pessoa fazendo a mesma atividade. 
  • Acúmulo de tarefas para um funcionário: Uma pessoa atarefada, enquanto outros que poderiam fazer algumas dessas atividades, apresentam ociosidade na cadeia do processo. 
  • Inexistência de funções importantes para o funcionamento da rede: Sem o devido tratamento dos dados, não tem como ter uma visão ampla de quais funções faz-se necessário para lidar com determinada demanda. 
  • Tarefas feitas de maneira desconexa: Cada um faz o seu e no fim ninguém faz nada. É basicamente isso que acontece quando não existe uma visão organizada dos processos.

A falta de integração na estruturação de dados é um problema sério de gestão, já que leva a retrabalhos, perda de tempo, falha de comunicação e atrasos em tarefas, bem como a perda de informações.

Lembre-se que a visão do ecossistema da rede de negócios precisa ser clara. Só assim é possível evitar perda de tempo e otimizar as estratégias de maneira inteligente dentro dos processos interconectados.

Problemas com os fornecedores

Para uma boa gestão de fornecedores na rede de farmácias é preciso, antes de mais nada, controlar os dados. Porque se não, como saber o que precisa ser abastecido, quais são os pedidos e exigências a serem feitos?

Ou seja, a gestão de fornecedores é o processo que inclui não apenas a análise, como também o controle de todas as atividades operacionais que envolvem a relação entre a rede de farmácias e seus fornecedores. 

Logo, sem as informações devidamente alinhadas e claras, é praticamente impossível conseguir eficiência na comunicação com os fornecedores, assim como melhor qualidade nos produtos, menor custo e, consequentemente, melhor preço de venda e maior satisfação do cliente.

Vazamento de informações

Principalmente com a chegada da LGPD no Brasil, o problema de vazamento de dados será oficialmente uma violação da lei. Sua rede de farmácias poderá sofrer sanções severas – como o pagamento de multas altíssimas – em caso de acidente que resulte em vazamento de dados pessoais (seja de clientes, funcionários ou quaisquer pessoas), dentre outros.

Queda em performance

Obviamente que em uma junção de todas as problemáticas que não ter um controle de dados gera, a queda de performance também estará presente.

Afinal de contas, como manter a cadeia produtiva a todo vapor, sem os materiais devidamente estruturados e designados para cada tarefa? De novo, os dados precisam ser tratados, analisados, separados e estruturados de acordo com a demanda necessária.

Mas como? Chega de problemas, vamos à solução no próximo tópico! 

Plataforma de gestão: controle de dados mais fácil e inteligente!

Para ter um controle de informações mais eficiente, uma plataforma de gestão pode ser uma grande aliada, já que ela oferece ferramentas que facilitam a forma como esse processo é feito.

De forma objetiva, através de uma plataforma de gestão é possível registrar, organizar, consultar e analisar diferentes dados e indicadores. O que auxilia efetivamente na tomada de decisões estratégicas.

Por meio de uma plataforma completa e direcionada ao seu negócio, a rede de farmácias terá centralizado em um único lugar, o controle de todas as áreas da organização. Logo, será possível identificar pontos de melhoria, gargalos de produtividade e até oportunidades de novos negócios.

Quer entender a fundo como uma plataforma de gestão pode ajudar no crescimento da sua rede de farmácias? Clique aqui e confira alguns motivos para você contar com a Plataforma de Gestão da Área Central na sua rede!

E então?

Neste conteúdo apresentamos em detalhes como a falta de controle de dados pode afetar negativamente a sua rede de farmácias. Buscamos mostrar informações de forma objetiva e clara, para você entender a importância de ter esse controle.

Por fim, indicamos uma solução para esse problema: uma plataforma de gestão, que pode ser um grande facilitador desse processo. Inclusive, até mesmo o engajamento dos associados pode ser acompanhado dentro da Plataforma de Gestão da Área Central

Caso tenha ficado alguma dúvida, fique à vontade para entrar em contato conosco. Agora, se você deseja conhecer de perto os recursos da Plataforma de Gestão da Área Central, clique abaixo e solicite uma demonstração gratuita!

Solicitar demonstração