O investimento em franquias é uma solução moderna quando o assunto é o empreendedorismo. Só que além das vantagens dessa iniciativa, você sabia que dá para reduzir custos através das compras conjuntas? Hoje, você vai entender tudo sobre essa gestão de compras em franquias.

Para adiantar o que vem nas próximas linhas, considere que esse é um modelo de compras que se tornou uma alternativa totalmente viável para quem atua em uma rede de franquias. O modelo também recebe o nome de compra coletiva ou compra associativa. E além da redução de custos traz outros benefícios.

A ideia do texto é ajudar você a entender como e por que esse tipo de gestão de compras em franquias pode dar certo para você. Para isso, nós dividimos o texto da seguinte forma:

  • O que é compras conjuntas;
  • Como funciona a prática de compras conjuntas;
  • A compra conjunta na redução de custos em franquias;
  • Como conseguir os bons resultados nas compras conjuntas;
  • Franquia + Compras Conjuntas + Tecnologia.

O que é compras conjuntas

O conceito dessa modalidade passa pela ideia de associação. Ou seja, é quando vários empreendimentos possuem o mesmo objetivo: de comprar produtos da mesma categoria e em grandes quantidades. Esse tipo de negócio tende a ser mais estável e seguro.

Quando a gente traz a compra conjunta para uma rede de franquias, podemos observar que são vários os benefícios que facilitam a aquisição dos produtos. Mas, sem dúvidas, o principal deles está em reduzir os custos da franquia.

Para finalizar esse primeiro tópico, considere que a prática de compras conjuntas tem o objetivo de uma grande compra entre várias empresas de um mesmo grupo ou uma mesma rede. E isso acontece de forma planejada, o que também colabora com o crescimento das unidades.

Como funciona a prática de compras conjuntas

As compras conjuntas funcionam como uma cooperativa. Assim, todos os envolvidos atuam no mesmo segmento e focam no mesmo público. Por isso, vale mencionar características como organização, compromisso, planejamento, etc.

Um bom exemplo para entender como funciona esse tipo de negócio e avaliar melhor a ideia de gestão de compras em franquias é falar das Sociedades de Propósito Específico (SPE). Elas são sociedades reguladas pelo Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte.

Ainda sobre o funcionamento desse tipo de compra, saiba que é importante que se tenha uma central de compras conjuntas. E nós já falamos sobre como montar uma, você se lembra? Clique aqui para ler.

A compra conjunta na redução de custos em franquias

Essa parte do texto nós vamos unir os dois principais temas desse conteúdo: a gestão de compras em franquias e a ideia de compra conjunta. Então, vale muito a pena você ter um cuidado a mais para avaliar cada uma das linhas abaixo.

Até mesmo porque a redução de custos é uma das vantagens das compras conjuntas e isso fica muito claro quando a gente entende o conceito: comprar em grandes quantidades, viabilizar o fornecedor e conseguir descontos. É uma conta simples!

Ao mesmo tempo, leve em conta que as compras em grupo evitam os gastos excessivos, que é o que acontece quando a gente considera fretes para entregas, por exemplo. Ah, e quando acontece esse tipo de compra, os clientes se sentem mais seguros em adquirir produtos.

  • Possibilidade de maiores descontos;
  • Diminuição dos gastos excessivos;
  • Confiança do cliente na hora de comprar.

Ou seja, a gente tem pelo menos 3 grandes vantagens para considerar a gestão de compras em franquias através da compra conjunta. Isso começa na redução de custos e chega até o fortalecimento da marca. Mas, como fazer isso?

Como conseguir os bons resultados nas compras conjuntas

Para que se tenha os melhores resultados com esse tipo de gestão de franquias, é imprescindível pensar no uso da tecnologia. Atualmente, há softwares que fazem esse trabalho de gestão e tornam os investimentos viáveis.

Na prática, é possível avaliar a Rede Construai  do Estado de Minas Gerais. Através de um grupo, eles fizeram a compra de insumos e materiais para esse segmento. E para concretizar a ideia, eles usaram um software de gestão de compras, a Área Central.

Desse modo, a Associação conseguiu administrar melhor o seu estoque e chegar a preços mais acessíveis na compra de produtos. Logo, é justamente o que estamos falando nessa matéria: redução de custos através da compra conjunta.

Com resultados mais otimizados, isso favorece o rendimento dos negócios.

Franquia + Compra Conjunta + Tecnologia

E para terminar a leitura, vale retomar tudo o que falamos até agora, mas de modo breve. Primeiro, leve em conta que a ideia de franquias tem sido alternativa viável entre os vários modelos de negócios que existem hoje. E pode ser uma boa ideia para você também.

Em um segundo ponto, vamos relembrar o conceito da compra conjunta: que nada mais é do que associar ou unir várias empresas com um propósito de uma compra em grande quantidade. Entre as vantagens, isso gera a redução de custos e os descontos das compras.

Por último, vem a tecnologia, como aliada para que toda essa gestão de compras em franquias dê certo. Esse tipo de software atua de forma digitalizada, proporcionando uma melhor tomada de decisão na escolha das estratégias de compras e obtendo maior redução de custos.